Notícias - Comunicado: Alterações previstas para o período de regime não presencial


news_108.jpeg

Atravessamos, em Portugal, o pior momento da pandemia. Vivemos, sem dúvida, um período verdadeiramente assustador. Se em março fizemos um esforço coletivo para travar a entrada descontrolada da pandemia no nosso país, nesta fase temos de voltar a unir forças para travar não só o número de contágios, mas consequentemente o número de mortos. É o momento de confinar e mostrar que os estudantes da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro estão conscientes da situação e querem contribuir para a mitigação da mesma.

Desta forma, foi publicado o despacho reitoral número 5/2021, que prevê a organização das atividades avaliativas e letivas da UTAD, no contexto pandémico da COVID-19, à qual aconselhamos a consulta.  Neste sentido, a Associação Académica pretende explicar a sua posição nas decisões tomadas, com base na consulta feita aos seus Núcleos de Estudantes.

Nesse sentido:

  • As atividades letivas presenciais mantêm-se suspensas, sejam aulas, avaliações contínuas ou avaliações por exame.
  • Após reunirmos com os Núcleos de Estudantes e de percebermos quais as avaliações contínuas adiadas, a Associação Académica reconheceu que a avaliação online é a mais indicada. Compreendemos a preferência por parte dos alunos da avaliação presencial, no entanto o combate à pandemia é neste momento a grande prioridade, por isso apelamos ao esforço e compreensão de todos.
  • Neste sentido, todas as avaliações contínuas adiadas devem ser remarcadas e realizadas em regime online, até dia 6 de fevereiro. Em caso de acordo entre alunos e docentes, a avaliação contínua pode ser realizada na época normal de exame. Reiteramos ainda a urgência na celeridade da marcação das avaliações contínuas, dado o curto espaço de tempo para a realização das mesmas.
  • Os exames da época normal e de recurso manter-se-ão nas mesmas datas, em regime online. A hipótese de adiar esta época para o meio ou final do segundo semestre, como se verificou em algumas universidades, não se mostrou como opção, pois seria um acumular de avaliações, que resultaria em 2 meses consecutivos de exames. Por outro lado, o adiamento também seria apenas um prolongamento do problema, visto que ninguém consegue prever qual será a situação pandémica da altura.
  • A nova alteração do regulamento pedagógico da UTAD prevê a adição de provas orais complementares às avaliações escritas, desde que previsto na FUC, que pode ser alterada até dia 4 de fevereiro, com o aviso prévio aos estudantes no SIDE, só se podendo aplicar nas épocas de exame. As fraudes têm sido um dos principais argumentos utilizados para defender a avaliação presencial por parte dos docentes. Contudo, neste momento o mais importante é contribuir para o controlo da pandemia, pelo que a Associação Académica não se opôs à possível avaliação complementar oral, desde que, esteja previamente mencionada na FUC e avisada aos estudantes. Esta forma de avaliação complementar pode ter um peso de até 50% da classificação final, tendo de se realizar no prazo de 2 a 5 dias seguidos após a divulgação dos resultados da avaliação da prova escrita, com a presença de pelo menos dois docentes do júri da UC.
  • A avaliação complementar (“avaliação por partes”) prevista no artigo 15º do Regulamento Pedagógico deixa de ser restrita à época normal de exames, podendo ter lugar na época de recurso. Isto permitirá que alunos que não tenham obtido aprovação em avaliação contínua realizada, ou na semana de pausa, ou na data de exame normal, de repetir apenas uma parte na época de recurso. Estes alunos ficarão sem a semana de pausa para poder preparar as suas semanas de exames, e por isso esta exceção será uma mais valia para um maior aproveitamento às UCs.
  • Haverá uma época extraordinária de exames, a decorrer de 5 a 10 de abril, para unidades curriculares  do 1º semestre que o Conselho Pedagógico, em coordenação com a Comissão do Curso e sob proposta do docente, considere não ser exequível a avaliação à distância, designadamente as unidades curriculares com elevada componente prática e em que seja imprescindível a avaliação de competências técnicas, por exemplo, avaliações em que a presença do aluno no campus seja obrigatória.
  • As atividades letivas do 2º semestre iniciar-se-ão, exclusivamente, em  regime de ensino à distância, até nova determinação.  A Associação Académica tem uma preocupação acrescida com o segundo semestre, pois corresponde ao período de isolamento de 2020 em que alguns dos conceitos lecionados, principalmente os mais práticos, podem carecer de um maior aprofundamento este ano. Desta forma, concordamos em pleno com o estabelecido no despacho reitoral mais recente, que prevê que se prepare o próximo semestre tendo em vista a realização das atividades letivas práticas no final do semestre.

A AAUTAD aproveita ainda este comunicado para transmitir algumas das suas maiores preocupações relativamente a este período de ensino à distância. Compreendemos que as avaliações online têm sempre uma dificuldade acrescida, porém isso não deve significar que  as mesmas se tornem muito difíceis ou impossíveis de realizar. Desta forma, estaremos atentos, trabalharemos em conjunto com os Núcleos de Estudantes e junto da comunidade estudantil, de forma a evitar que os alunos sejam prejudicados com este processo.

Considerando as decisões tomadas para esta nova fase de ensino à distância, a Associação Académica reitera a preocupação, neste momento acrescida, com todos os estudantes que não têm possibilidade financeira para possuir/adquirir um computador, internet ou até mesmo rede de boa qualidade, pelo que apelamos que comuniquem com o vosso diretor de curso, com os vossos docentes e com a AAUTAD se se encontrarem nessa situação.

Estamos conscientes que atravessamos também uma crise financeira e que há muitos agregados familiares a passarem por dificuldades graves, podendo estar em causa o abandono do ensino superior por parte de alguns alunos. Não podemos permitir que tal aconteça e, por isso, apelamos que nos informem caso se encontrem nesta situação de forma a podermos atuar junto dos órgãos competentes.

Um novo confinamento, aliado à pressão das avaliações online pode trazer novos desafios que acarretam dúvidas, ansiedade e frustrações. É importante proteger a nossa saúde mental e, por isso, não hesites em pedir ajuda. Aconselhamos o contacto com a linha de aconselhamento psicológico do SNS24, com o psicólogo da UTAD ou até mesmo com a Associação Académica que te reencaminhará da melhor forma possível.

Defendemos ainda que se ajuste o plano de contingência da UTAD, de forma a que a instituição se encontre devidamente preparada para o possível regresso ao regime presencial. Reiteramos, mais uma vez, a necessidade de disponibilização de desinfetante por sala de aula, para que cada utilizador possa desinfetar o seu local de trabalho. Consideramos também importante o planeamento dos horários, tendo como base uma distribuição das turmas, sempre que possível, na mesma sala, a concentração de horários de cada turma, numa fase do dia para evitar grande afluência às cantinas e bares e elevado movimento de muitos alunos nos mesmos períodos do dia.

Contacta a Associação Académica através da linha SOSESTUDANTE pelo email sos@aautad.pt para qualquer dúvida, problema ou sugestão.

P´la Direção da Associação Académica


Publicado a: 28 de Janeiro de 2021 às 18:17
Voltar às noticias

Partilhar: