Projeto “Resibótica 09” é o vencedor do AAUTAD Capacitar

03 Dezembro 2018

Prémio AAUTAD Capacitar

A Associação Académica da UTAD premeia a 2ª edição do prémio AAUTAD Capacitar, que permite uma correspondência entre as necessidades e prioridades dos estudantes e munícipes de Vila Real com necessidades especiais e a responsabilidade social da AAUTAD.

O processo passou pela abertura de um concurso destinado aos Estudantes, Núcleos e Secções da academia transmontana, assim como a Munícipes e Entidades Vilarealenses, que foram convidados a apresentar uma candidatura, no valor global de mil euros.

A candidatura que venceu é intitulada “Resibótica 09” e tem como candidatos vencedores os alunos da UTAD, Márcio Martins e André Coelho. O projeto premiado promove a inclusão no contexto académico, e o seu objetivo é melhorar a qualidade de vida e aumentar a independência e bem-estar de um estudante com deficiência física severa – Tetraplégico, da UTAD, nas Residências Além Rio através da adaptação da sua residência. Cumulativamente a este objetivo, pretende-se demonstrar que a utilização de tecnologia pode melhorar significativamente as condições de alojamento para pessoas com deficiência em residências universitárias.

Este não é um projeto para apenas uma pessoa, mas sim para toda a comunidade que queira replicar o mesmo nas suas realidades mais próximas.

Esta iniciativa surge mais uma vez pelas atividades realizadas pelo Gabinete de Inclusão Social (GIS) da AAUTAD, que revê nesta os princípios de inclusão e integração das pessoas com necessidades especiais.

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a utilizar o website, assumimos que concorda com o uso de cookies. Aceito Ler Mais